Opções touch e no-touch são diferentes de negociações de opções binárias normais. Ao contrário de opções touch e no-touch, uma negociação de opção binária habitual estipula que um operador deve especular se a taxa de vencimento de um determinado ativo será maior ou menor que o preço de exercício, dentro de um prazo predeterminado.

Opções no-touch envolvem especular se um ativo subjacente não vai chegar a uma taxa de mercado predeterminada durante um período predeterminado. Se o operador coloca opções no-touch com qualquer período de tempo e a previsão do operador estiver correta, as opções expiram “in the money” antes do prazo de vencimento previsto.

Opções touch compreendem especular se um determinado ativo vai chegar a um preço de mercado específico durante a vida útil da opção. Se o operador coloca opções touch dentro de um prazo e o ativo atinge a taxa prevista, a negociação expira automaticamente “in the money” sem que seja necessário esperar que o prazo total termine.

Vejamos um caso de opções touch:

Um operador coloca uma opção touch em EUR/USD com um prazo de 5 minutos, especulando que ela atingirá a taxa de 1,3642 durante o período preestabelecido. Se a taxa de mercado atinge esse nível durante o período, a negociação expira “in the money”. Caso contrário, a negociação é “out of the money”.

Agora um exemplo de opções no-touch:

Um operador coloca uma opção no-touch em EUR/USD com um prazo de 5 minutos e especula que a taxa de mercado não atingirá 1,3564 durante a vida útil da opção Se isso acontecer, o operador perde o valor do investimento, se isso não acontecer o operador lucra e a negociação é considerada “in the money”.